Prêmio Boas Práticas do TRE-PR entrega troféu aos vencedores

Em 2019, foram três categorias premiadas em cerimônia ocorrida na quinta-feira (12)

pessoas assistindo a uma palestra

O evento festivo de entrega do Prêmio Boas Práticas aconteceu no auditório do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), na tarde da última quinta-feira (12). A Banda Fora da Pauta, formada por servidores e autoridades do TRE-PR, apresentou-se no início da cerimônia. Na sequência, foram nominadas as autoridades presentes e os integrantes da comissão julgadora. Em um vídeo, momentos marcantes das edições anteriores foram relembrados.

Confira tudo sobre o Prêmio Boas Práticas da Justiça Eleitoral do Paraná.

Ação Social, Cultura e Desporto

Após a apresentação da categoria, foi exibido um vídeo com todos os concorrentes, à exceção dos finalistas, que puderam escolher um representante para expor os seus trabalhos: Laboral na SOF, Dionathan dos Santos Silvestre (vencedor); Liga do Nariz Colorido, Ana Luiza Kaminski; e JOJUFE, Andréia Roberta Mülling. O prêmio foi entregue pelo desembargador Gilberto Ferreira, presidente do TRE-PR.

Antes de iniciar a próxima categoria, Rosicleia Augustin Pereira e Jefferson Gonçalves Batista, ambos servidores especializados em enfermagem, receberam “Uma singela homenagem em reconhecimento às suas boas práticas e excelência nos serviços prestados em 2019, e em gratidão por sua competência e grande coração, percorrendo uma segunda milha... Fazendo a diferença em nossas vidas” em nome dos servidores do TRE-PR.

Acessibilidade

Os representantes das três práticas finalistas foram convidados a subir ao palco para apresentarem em até três minutos a ação inscrita. Foram elas: Inclusão do deficiente visual no Parlamento Jovem, Leopoldo Tisato Ishikawa, 24ª Zona Eleitoral de Jacarezinho; Acessibilidade e respeito ao cidadão, Frederico Almeida, 171ª Zona Eleitoral de Almirante Tamandaré; e Transporte de eleitores idosos, com deficiência ou mobilidade reduzida e que não possuem parentes ou cuidadores para realizar o transporte e treinamento de colaboradores para auxiliar nos locais de votação a fim de garantir o exercício do voto às pessoas que apresentam dificuldades, Jeebnel Szrajia, à época na 12ª Zona Eleitoral de São Mateus do Sul (vencedor). O presidente da Comissão Permanente de Acessibilidade e Inclusão (CPAI) e juiz membro da corte, Dr. Rogério de Assis, entregou o prêmio aos representantes da prática vencedora.

Boas Práticas no 1º Grau

Esta categoria contou com a apresentação de um vídeo com os concorrentes, exceto os finalistas, que subiram ao palco: Campanha mesário voluntário: campeões da democracia, Leonardo Fernandes de Souza, 97ª Zona Eleitoral de Iporã; Wiki Zonas (vencedor), de Willian Gallera Garcia, da 146ª Zona Eleitoral de Londrina, Juliana Miolla, da Seção de Processamento I (SPROC1), e Douglas Ananias, da 150ª Zona Eleitoral de Santa Fé; e Roda da Democracia, Renata Sevilha Lima, da 38ª Zona Eleitoral de Pitanga. A entrega do troféu desta categoria coube ao desembargador Tito Campos de Paula, vice-presidente e corregedor do TRE-PR.

 

A Comissão Julgadora foi formada pelos membros: desembargador Tito Campos de Paula, desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, Dr. Antonio Franco Ferreira da Costa Neto, Ana Flora França e Silva e Hillene de Cassia Sbalqueiro Silva Meira.

 

Texto: Paulo Cezar Ribeiro
Imagem: Elisabete Silvia Petrorossi
Supervisão: Melissa Diniz Medroni
Coordenação: Rubiane Barros Barbosa Kreuz
CCS/TRE-PR

 

Siga-nos no Twitter, no Instagram e no Spotify

Curta nossa página oficial no Facebook

Acompanhe nossas galerias de fotos no Flickr

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes