Receita regulariza CPFs com pendências eleitorais para pagamento do auxílio emergencial

Com a medida, eleitores que desejem dar entrada no auxílio do Governo Federal não precisam procurar cartório eleitoral para regularizar pendências

Fotografia de uma mão masculina segurando um documento de CPF

A Receita Federal informou nesta quinta-feira (09) que, em razão do atual estado de calamidade pública e da necessidade de pagamento do auxilio emergencial, foram alterados os procedimentos internos para regularizar os CPFs que apresentavam pendências eleitorais.

O processamento para regularizar os CPFs suspensos por pendências eleitorais foi iniciado na madrugada de hoje. A previsão é que o processo seja concluído na sexta-feira (10 de abril). A Receita Federal informa ainda que o reflexo dessa regularização nos ambientes informatizados da Caixa Econômica Federal dependerá do período necessário para processamento nos sistemas daquela instituição.

Certidão circunstanciada

O eleitor que, ainda assim, precisar regularizar a situação com a Justiça Eleitoral pode solicitar a sua zona eleitoral uma certidão circunstanciada, que será assinada eletronicamente pelo chefe de cartório. O pedido deve ser enviado para o e-mail institucional da zona eleitoral. Saiba mais aqui sobre esse procedimento.

Devido à pandemia do Covid-19, a Justiça Eleitoral do Paraná está funcionando em regime de plantão extraordinário até o dia 30 de abril, mas disponibiliza diversos serviços pela internet. Clique aqui e confira.

 

Texto: Melissa Diniz Medroni
Foto: iStock
Coordenação: Rubiane Barros Barbosa Kreuz
CCS/TRE-PR

 

Siga-nos noTwitter, no Instagram e no Spotify

Curta nossa página oficial no Facebook

Acompanhe nossas galerias de fotos no Flickr

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes