Corregedoria Regional Eleitoral promove ciclo de capacitação do PJe

O principal tema abordado foi a sistemática de distribuição de processos

Capacitação PJE
Dando prosseguimento às ações de capacitação, contato contínuo e produção constante de conteúdos voltados ao auxílio dos servidores dos cartórios eleitorais na operação do Processo Judicial Eletrônico (PJe) Zonas Eleitorais, teve início, na última quarta-feira (08), o ciclo de videoconferências promovido pela Corregedoria Regional Eleitoral com servidores lotados em zonas eleitorais que dividem jurisdição em um mesmo município, tais como: Curitiba, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Colombo, Guarapuava, Foz do Iguaçu, Maringá, Londrina, Ponta Grossa e São José dos Pinhais.

Os principais temas abordados pelos servidores Vanessa Piovezan Scholz Bravo e Rafael Sponholz Farhat foram a sistemática de distribuição de processos à luz da Resolução TRE/PR n° 847/2019 e o funcionamento dos pesos, previstos na Resolução TSE n° 23.447/2014, no sistema PJe Zonas Eleitorais.

Em síntese, os servidores da Corregedoria esclareceram que o PJe fundamenta-se, para distribuir processos, na utilizaçao de pesos de acordo com a  classe processual e os assuntos autuados.

Essa forma de distribuição nem sempre representará em primeiro momento a divisão equitativa de tarefas entre as zonas, em números formais. Contudo, como o sistema considera o peso total de cada juízo para atribuir maior ou menor chance de recebimento do processo distribuído por sorteio, além de considerar em seus critérios a complexidade dos feitos, a paridade e o equilíbrio no volume de processos distribuídos a cada juízo eleitoral, acaba ocorrendo ao longo do tempo.

Com informações da Corregedoria Regional Eleitoral

Siga-nos no Twitter, no Instagram e no Spotify

Curta nossa página oficial no Facebook

Acompanhe nossas galerias de fotos no Flickr

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes