Inclusão do Deficiente Visual no Parlamento Jovem (ID 11)

Igor Alves Palmeira recebendo o diploma padrão em amarelo, e o impresso em braille.
Igor Alves Palmeira recebendo o diploma padrão em amarelo, e o impresso em braille

No Projeto Parlamento Jovem, edição 2019, realizado pelo Fórum da 24ª Zona Eleitoral de Jacarezinho, um dos candidatosescolhido em convenção no instituto Federal do Paraná (IF), Campus Jacarezinho, é deficiente visual. A escolha do candidato IGOR ALVES PALMEIRA trouxe à tona a preocupação dos servidores em tornar a candidatura dele tão possível quanto a candidatura dos outros 16 candidatos do local, inclusive no que fosse relativo à propaganda eleitoral realizada por ele no IF, bem como à compreensão do processo eleitoral.

Para tanto, o Fórum Eleitoral da 24ª Zona Eleitoral padronizou as informações que deveriam constar de eventual propaganda escrita ou pela internet dos candidatos. Assim, os servidores montaram um boneco dos santinhos de todos os candidatos, para padronização do modelo, enviando-os a todos os candidatos, constando foto, número e nome na urna, partido e instituição de ensino. Especificamente em relação ao candidato IGOR, o Fórum Eleitoral providenciou, junto a uma escola especializada no atendimento a pessoas com deficiência auditiva e visual, a AJADAVI, do município de Jacarezinho, a impressão do santinho, com a impressão do número e do nome do candidato em braile, com corte indicativo da parte de cima do santinho, para que, durante o período de campanha, o candidato pudesse entregar seus santinhos na orientação correta.

Ainda, o Juízo da 24ª Zona Eleitoral de Jacarezinho, em parceria com a Secretaria de Educação, promoveu visita guiada aos Três Poderes, no município de Jacarezinho, que incluía visita à Prefeitura (Poder Executivo), à Câmara Municipal (Poder Legislativo) e Fórum Eleitoral (Poder Judiciário). Durante a visita, foi entregue aos alunos um folder, cujas informações foram elaboradas pelos servidores da 24ª Zona Eleitoral, foi entregue aos alunos. Nesse material havia breves explicações sobre os Três Poderes, mas para que o IGOR pudesse também ter acesso ao material, lhe foi impresso o mesmo conteúdo em braille, novamente com a colaboração da AJADAVI, por intermédio do Professor Victor, daquela instituição. Ainda, no dia da visita de IGOR, além de lhe ter sido entregue o material, em cada um dos locais visitados ao menos um servidor da Justiça Eleitoral esteve próximo a ele explicando sobre o local, descrevendo onde ele estava, falando sobre tamanho, cores, mobiliário, para que o local era usado e quem eram os funcionários daquele local, a exemplo da senhora SILVIA GRECCO, vencedora do Prêmio FIFA FAN AWARD, como melhor torcedora do mundo, no ano de 2019, por narrar os jogos no estádio a seu filho deficiente visual, NICHOLLAS GRECO. Para tanto, os servidores se basearam não apenas no exemplo de SILVIA, como também no projeto #PRACEGOVER, da professora Patricia Braille, cujo mote inicial era fazer audiodescrição de fotos postadas na internet.

Nesse sentido, os servidores, assim atuando, atenderam os requisitos do art. 16, trazendo: 1) Benefício a autonomia individual do candidato, proporcionando-lhe mais liberdade para escolher permanecer na disputa e concorrer ao cargo de vereador jovem, trazendo-lhe, assim, confiança e independência; 2) respeito pela diferença e aceitação de sua deficiência pelos setores envolvidos, inclusive demais candidatos que participaram da visita guiada e tiveram a oportunidade de conhecer o aluno com deficiência visual; 3) fomento à igualdade de oportunidade aos deficientes e portadores de mobilidade reduzida, pois, enquanto deficiente visual, o candidato tinha sua mobilidade parcialmente comprometida.

Como resultado, o candidato obteve quase 10% dos votos válidos do local, obtendo 30 votos, de um total de 318, tendo ficado na quarta posição, sendo o primeiro suplente do IF. Teve a oportunidade de assumir no final de setembro o cargo de vereador jovem, devido a desistência de outro candidato eleito, porém declinou pois está próximo às provas do vestibular, conforme informou ao Cartório da 24ª Zona Eleitoral. Seu diploma também foi impresso em braille, e assinado pelo juiz eleitoral. De qualquer forma, ainda que IGOR não tenha assumido o cargo como vereador jovem, a experiência foi engrandecedora. Se de algum modo contribuímos com o IGOR, com certeza aprendemos muito mais com ele que ele conosco.


Materiais: 

Material da Visita Guiada (formato PDF) - Conteúdo foi impresso em braille e entregue ao candidato deficiente visual durante a visita aos três poderes. 

Autorização uso de imagem e impressões sobre o Parlamento Jovem (formato PDF) - Impresso em braille e reescrito a tinta. Autorização para uso de voz e imagem pelo Projeto Parlamento Jovem e aprendizado obtido.

Diploma (formato PDF) - Diploma padrão e o diploma impresso em braille, no IF.

Participantes:

Ana Paula Pavanini Navas – 24ª ZE DE JACAREZINHO
Leopoldo Tisato Ishikawa - 24ª ZE DE JACAREZINHO
Paulo Roberto Braga Júnior - Requisitado
Renata Panfiet – 24ª ZE DE JACAREZINHO
Roberto Arthur David – JUIZ DA 24ª ZE DE JACAREZINHO
Rômulo Blecha Veiga - Requisitado