Seção de Gestão da Sustentabilidade


Integrantes do Comitê de Gestão Estrtégica e Plano de Logística Sustetável - CGEPLS:

• Rachel Diogenes Ramina Rezler – Assessoria-Chefe da Presidência;
• Helton Jose Sanchez – Secretaria de Orçamento, Finanças e Contabilidade;
• Danielle Cidade Morgado Maemura – Secretaria Judiciária;
• Mônica Miranda Gama Monteiro – Secretaria da Corregedoria Regional Eleitoral;
• Gilmar Jose Fernandes de Deus - Secretaria de Tecnologia da Informação;
• Mozar de Ramos - Coordenadoria de Desenvolvimento e Saúde;
• Solange Maria Vieira - Coordenadoria de Planejamento Estratégico;
• Marlene Regina Kovalski - Coordenadoria de Material e Patrimônio;
• Ivanilda da Silva - Coordenadoria de Infraestrutura Predial;
• Flávio Henrique Marçal Rodrigues - Coordenadoria de Segurança, Transporte e Apoio Administrativo;
• Rubiane Barros Barbosa Kreuz - Coordenadoria de Comunicação Social;
• Maria de Fatima Almeida - Coordenadora de Licitações e Contratos;
• Lucianna Maria de Araujo Sampaio - Assessora Jurídica da Diretoria-Geral;
• Cláudia Valéria Bevilacqua Gonçalves - Chefe da Seção de Gestão da Sustentabilidade;
• Leandro Espíndola Nogueira - Chefe de Cartório Eleitoral.

Integrantes da Seção de Gestão da Sustentabilidade - SGS:

• Cláudia Valéria Bevilacqua Gonçalves;
• Joseli Priscila de Oliveira Schuhli;
• Dario Eduardo Lange -Terceirizado;
• Leonardo Burghausen Teixeira - estagiário;


Atribuições do Comitê de Gestão Estratégica e Plano de Logística Sustentável - CGPLS:

Resolução TRE-PR nº 756/2017:
Art. 13. Ao Comitê de Gestão Estratégica e Plano de Logística Sustentável compete, especificamente:
I - Coordenar as atividades de formulação e planejamento da estratégia do Tribunal;
II - Monitorar e avaliar periodicamente a execução do Planejamento Estratégico do Tribunal, submetendo questões relevantes ao Conselho de
Governança;
III - Promover análise da Estratégia, mediante avaliação do desempenho recente, com a análise dos objetivos, indicadores, metas e iniciativas
estratégicas;
IV – Propor ajustes aos indicadores e metas, visando assegurar sua adequação e suficiência para o alcance dos objetivos estratégicos do
Tribunal;
V - Propor a execução de novas iniciativas estratégicas, bem como indicar o encerramento de iniciativas consideradas insuficientes para a
melhoria do desempenho estratégico;
VI – Submeter ao Conselho de Governança as reformulações da estratégia vigente e eventuais mudanças do Planejamento Estratégico do
Tribunal, derivadas de revisão de direcionadores estratégicos (missão, visão e valores) ou alteração de um ou mais objetivos estratégicos;
VII - Fomentar a gestão de logística sustentável;
VIII – Promover a otimização dos recursos públicos, visando o menor impacto socioambiental;
IX - Monitorar, avaliar e revisar o Plano de Logística Sustentável do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná – PLS-TRE/PR;
X - Analisar e publicar relatórios semestrais e anuais dos resultados alcançados;
XI - Propor a elaboração e a revisão de normas, procedimentos, metas e ações necessárias à implementação e aprimoramento da gestão de
logística sustentável, com subsídio no monitoramento e na avaliação periódica das práticas de sustentabilidade;
XII - Promover as boas práticas em logística sustentável no Tribunal.

Atribuições da Seção de Gestão da Sustentabilidade - SGS

Resolução TRE-PR  n.º 829/2019:
Art. 38. À Seção de Gestão da Sustentabilidade compete:
I – promover e consolidar a política de sustentabilidade do Tribunal;
II - incentivar o combate ao desperdício, promovendo atividades voltadas para práticas de consumo consciente, bem como para a eficiência do gasto público;
III – fomentar o uso sustentável de recursos naturais e bens públicos;
IV – promover a redução do impacto negativo das atividades do órgão no meio ambiente com a adequada gestão dos resíduos gerados, favorecendo a coleta seletiva, com estímulo a sua redução, ao reuso e à reciclagem de materiais, e à inclusão socioeconômica dos catadores de resíduos, em consonância com a Política de Resíduos Sólidos e as limitações regionais;
V – promover campanhas de educação ambiental, com vistas à sensibilização e conscientização dos servidores, terceirizados, estagiários e público externo em área de influência do Tribunal;
VI – gerenciar e monitorar os indicadores de impacto ambiental em consonância com o Planejamento Estratégico, bem como revisar e fiscalizar ações, projetos e iniciativas das unidades do Tribunal que repercutam nesses indicadores;
VII – planejar e propor acordos técnicos, parcerias e intercâmbio de experiências com órgãos e entidades do poder público que possam contribuir com as metas de sustentabilidade da Justiça Eleitoral;
VIII – promover a qualidade de vida no ambiente de trabalho, em conjunto com a área responsável;
IX – fomentar as contratações sustentáveis, em conjunto com a área responsável, visando a integração dos aspectos ambientais, econômicos e sociais do desenvolvimento sustentável;
X – fomentar a gestão sustentável de documentos, em conjunto com a área responsável;
XI – elaborar relatório anual de desempenho do PLS-TRE/PR para publicação no sítio do Tribunal e encaminhamento ao TSE e ao CNJ;
XII – encaminhar ao TSE e ao CNJ, em forma eletrônica, informações dos indicadores mínimos das metas de sustentabilidade;
XIII – manter-se atualizada quanto à legislação e as normas ambientais.


Endereço do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná:
Rua João Parolin, 224 - Prado Velho - CEP: 80.220-902

Contato Sustentabilidade - Telefones:
3330-8479
3330-8478

E-mail: sgs@tre-pr.jus.br