TRE-PR realiza primeira coletiva de 2020

Evento apresentou as novidades para as próximas eleições

Fotografia de uma coletiva de imprensa

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), desembargador Gilberto Ferreira, acompanhado do diretor-geral do TRE-PR, doutor Valcir Mombach, recebeu a imprensa para uma coletiva nesta sexta-feira (31), na Sala Multiuso, no edifício-sede da Justiça Eleitoral em Curitiba. Na ocasião, foi apresentado o Calendário das Eleições 2020 e os preparativos para as primeiras eleições com 100% do eleitorado identificado biometricamente no Paraná. O evento foi transmitido ao vivo no Facebook.

O presidente fez um balanço da sua gestão à frente da instituição e apresentou a nova cúpula diretiva, formada pelo desembargador Tito Campos de Paula, como presidente, e pelo desembargador Vitor Roberto Silva, como vice-presidente e corregedor. Eles assumem a gestão da Justiça Eleitoral do Paraná na segunda-feira (03) para um mandato de dois anos já com o desafio de organizar as próximas eleições municipais.

Novidades para 2020

Os jornalistas tiraram dúvidas sobre as novidades para as Eleições 2020, como a proibição de coligações partidárias nas disputas às câmaras municipais, medida que deve elevar o número de registros de candidaturas de vereadores.

Também questionaram quais ações estariam sendo tomadas pela Justiça Eleitoral para evitar as candidaturas laranjas com vistas a atender às cotas de gênero. “Nesse sentido, vamos levar para outras cidades do Paraná a capacitação para mulheres que desejam concorrer a cargos públicos, realizada em 2019 em Curitiba, com palestras sobre registro de candidatura, prestação de contas e outras informações sobre o processo eleitoral”, explicou Ferreira.

A desinformação foi outro assunto abordado no evento. “Vamos lançar um programa próprio do TRE-PR de checagem de notícias, com a disponibilização de um número de WhastApp para as pessoas enviarem as suas dúvidas”, antecipou o próximo presidente, desembargador Tito. “Mas precisamos da ajuda da imprensa e de toda a sociedade para combater à desinformação”, frisou o futuro vice-presidente e corregedor, desembargador Vitor.

Os jornalistas também perguntaram sobre a possibilidade de haver segundo turno em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. “O município precisaria registrar um acréscimo de 10 mil eleitores até 6 de maio, quando fecha o cadastro eleitoral, para chegar aos 200 mil eleitores necessários para a realização de segundo turno”, explicou a coordenadora de Planejamento Estratégico, Solange Maria Vieira.

A existência de 150 mil títulos cancelados no Paraná foi outro tema do encontro. Esses eleitores podem comparecer em qualquer cartório eleitoral do Estado, munidos de documento com foto, comprovante de residência e quitação militar, para os homens, para regularizarem a sua situação.

As autoridades reforçaram o convite aos jovens de 16 e 17 anos e aos idosos acima dos 70 anos, eleitores facultativos que ainda não tenham realizado o cadastro biométrico, para cadastrarem as suas digitais no fórum eleitoral mais próximo. Só eleitores que tenham realizado a biometria poderão votar nas Eleições 2020 no Paraná.

O primeiro turno das Eleições 2020 acontece em 04 de outubro e o segundo no dia 25 de outubro. Confira essas e outras informações no Portal das Eleições.

Além das autoridades e servidores mencionados, também participaram da coletiva de imprensa a assessora-chefe da Presidência, Rachel Diogenes Ramina Rezler, e o secretário de Tecnologia da Informação, Gilmar de Deus.


Texto: Melissa Diniz Medroni
Foto: Elisabete Silvia Petrorossi
Coordenação: Rubiane Barros Barbosa Kreuz
CCS/TRE-PR


Siga-nos no Twitter, no Instagram e no Spotify

Curta nossa página oficial no Facebook

Acompanhe nossas galerias de fotos no Flickr

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes