Memórias Eleitorais: O desafio da biometria em Curitiba – parte 2

A sorte estava lançada para a revisão biométrica de todo o eleitorado curitibano

Banner de fundo bege claro, escrito: Memórias Eleitorais

A cerimônia de lançamento do processo de revisão biométrica do eleitorado de Curitiba ocorreu na manhã do dia 28 de março de 2011 com a presença do então presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski. Em apenas duas semanas, a Secretaria de Planejamento, Estratégia e Gestão, sob o comando do atual diretor-geral, doutor Valcir Mombach, coordenou as ações necessárias para o início dos trabalhos, que envolveram, como é comum no período eleitoral, todas as unidades da secretaria do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR).

 

A sorte estava lançada para a revisão biométrica de todo o eleitorado curitibano

 

A sorte estava lançada para a revisão biométrica de todo o eleitorado curitibano

 

Nesse curto intervalo de 14 dias, foram instalados 50 guichês com o kit biometria na Central de Atendimento ao Eleitor (CAE), localizada no Fórum Eleitoral de Curitiba. Cada kit era composto por uma câmera fotográfica, um coletor de assinatura e um pequeno scanner para captação das digitais, além, obviamente, de um software para esse fim. As servidoras e os servidores, em sua maioria pertencentes ao quadro da CAE, se revezavam ao longo de dez horas diárias, inicialmente, de segunda à sexta-feira.

 

A sorte estava lançada para a revisão biométrica de todo o eleitorado curitibano

 

A partir do final de abril, a CAE passou a funcionar também no último sábado do mês e foi testada a utilização do aplicativo Título Net para agendamento prévio dos atendimentos. Esse sistema, desenvolvido pelo TSE, se revelou complicado e instável demais para uso do eleitorado curitibano. Muitas reclamações foram feitas e a presidência e a direção-geral solicitaram à Secretaria de Tecnologia da Informação que desenvolvesse um sistema mais simples para agendamento.

 

A sorte estava lançada para a revisão biométrica de todo o eleitorado curitibano

 

Os dois primeiros meses foram muito difíceis. Nos quatro dias finais de março, foram atendidos 3.759 eleitoras e eleitores. Em abril, o total do mês fechou em 49.917 atendimentos. Somando março com abril atingiu-se o total de 53.676 pessoas atendidas. Quando maio chegou, a equipe já havia ganho agilidade no manuseio do kit, o que refletiu em um aumento considerável. O mês fechou com 83.352 atendimentos. Isso equivale à média de 3.624 pessoas por dia. O triplo de um dia normal de final de prazo.

Alertar a população sobre a importância da revisão biométrica exigiu a criação de uma campanha maciça de divulgação junto aos diversos veículos de imprensa e comunicação. Além de cartazes que foram afixados nos ônibus da capital, uma série de entrevistas diárias nas emissoras de rádio e televisão informava sobre a documentação, além do local e horário de atendimento.

No entanto, todo esse esforço se revelou insuficiente para atender à crescente afluência do eleitorado de Curitiba. Com a devida autorização da Corregedoria Regional Eleitoral do TRE-PR e do TSE, teve início um processo para contratação de pessoal terceirizado para aumento da força de trabalho. Uma mudança de rota se fazia necessária e urgente.

Leia mais: 

05.04 - Especial Memórias Eleitorais: O desafio da biometria em Curitiba – parte 1

19.04 - Memórias Eleitorais: O desafio da biometria em Curitiba – parte 3


Texto: Marden Machado
Revisão: Melissa Medroni
Arte e tratamento de imagem: Victor Borges Machado
Fotos: Acervo pessoal
Coordenação: Rubiane Barros Barbosa Kreuz
CCS/TRE-PR


Siga-nos no Twitter, Instagram, SoundCloud, TikTok e LinkedIn

Curta nossa página oficial no Facebook

Acompanhe nossas galerias de fotos no Flickr

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes

#Dica3 Linguagem Cidadã: flexão de gênero

Resolução CNJ n º 376 instituiu o emprego da flexão de gênero para nomear profissão ou demais designações na comunicação social e institucional do Poder Judiciário nacional