75 anos da JE: mapas da divisão de zonas eleitorais nos anos 40 e 50 são disponibilizados no site do TRE-PR

Os novos mapas, que podem ser consultados na página da Memória Institucional, apresentam a evolução das zonas eleitorais no Paraná ao longo dos anos

Mapa da divisão de antigamente das zonas eleitorais

Três novos mapas foram adicionados ao site do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Eles apresentam a divisão das zonas eleitorais paranaenses nos anos 40 e 50 e ficarão disponíveis na página da Memória Institucional, onde está reunida parte do acervo da Justiça Eleitoral, que comemora 75 anos de reinstalação em 2020.

O pesquisador e chefe de cartório da 105ª Zona Eleitoral de Terra Rica, Daniel Galuch Júnior, explica que durante as décadas de 1940 e 1950 houve um aumento considerável no número de municípios, habitantes e, por conseguinte, eleitores paranaenses. Isso explica, a princípio, o salto na quantidade de zonas eleitorais dos mapas. Segundo o pesquisador, no entanto, o território do Paraná ainda era vasto e esse número viria a crescer ainda mais nos anos seguintes.

À época, “devido à fragmentação e emancipação municipal, a Justiça Eleitoral aproveitava a existência do Judiciário nessas localidades, funcionando como se fosse um ‘anexo’ da Justiça Comum”, afirma Galuch. Assim, o TRE recebia dos Tribunais de Justiça a informação sobre novas comarcas, fazia uma resolução criando a Justiça Eleitoral na região e encaminhava para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) homologar a zona. “Conforme novas emancipações surgiam, havia a necessidade de instalação de sedes locais do poder Executivo, Legislativo e Judiciário”, explica. Dessa forma, no Paraná, o aumento dos municípios coincide com a evolução no número de zonas eleitorais.

Divisões das zonas eleitorais no Paraná entre 1945 e 1950

Galuch relata que entre 1945 e 1952, o TRE-PR aprovou e o TSE homologou três resoluções de aprovação de zonas eleitorais, modificando a divisão eleitoral do estado. Em 1945, havia 40 zonas, sendo a primeira divisão feita para a eleição presidencial que elegeu Gaspar Dutra. No ano de 1947, já eram 43, devido à reincorporação pelo Paraná de terras cedidas para a criação do Território do Iguaçu.

Nos três anos seguintes, houve um salto para 65 zonas, pelo aumento significativo de municípios emancipados, que, à época, eram 81. “Para melhor gestão do território, a Assembleia Legislativa aprovou a nova lei de divisão judiciária e o TRE-PR aprovou a nova divisão eleitoral do Estado, em 1948”, afirma o servidor.

Em 1950, entretanto, dos mais de 2 milhões de habitantes no estado, apenas 372 mil se inscreveram como eleitores, o que correspondia a 17,7% da população. Galuch explica que a presença nas eleições daquele ano foi ainda menor, com pouco mais de 274 mil eleitores (73,63% do total).

Isso ocorreu porque a maior parte dos paranaenses –75,06%, ou seja, mais de 1,5 milhões de pessoas – residia no campo. “Enfim, havia poucos municípios, habitantes, eleitores e um sertão enorme para incorporar e gerir”, completa. O servidor utilizou como base para a pesquisa, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e documentos internos da Justiça Eleitoral (PAD 12.844/2018).

Pesquisa

A pesquisa, que investiga o processo eleitoral de 70 anos atrás, apresenta um resgate histórico das eleições paranaenses. Galuch comenta que é importante compreender como era a situação no século XX para fornecer subsídios de preservação da memória, identificar o comportamento eleitoral e, principalmente, fortalecer a democracia no século XXI. “Acredito que somos hoje a materialização do Paraná idealizado nas décadas de 1940, 1950 e 1960, um estado forjado por Manoel Ribas, Moysés Lupion, Bento Munhoz da Rocha Neto, Ney Braga, Paulo Pimentel, entre centenas de personalidades da época”, diz.

Os novos mapas referentes a 1945, 1947 e 1950 – complementam informações sobre a Memória Institucional do TRE-PR que foram apresentadas por Galuch, em 2015, na exposição dos 70 anos de evolução das zonas eleitorais do Paraná. O acervo conta também com o histórico de anos anteriores, a partir de 1932.

 

Texto: Carla Tortato
Foto: Daniel
Galuch
Revisão: Melissa Medroni
Coordenação: Rubiane Barros Barbosa Kreuz
CCS/TRE-PR


Siga-nos no TwitterInstagramSoundCloud e TikTok

Curta nossa página oficial no Facebook

Acompanhe nossas galerias de fotos no Flickr

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Últimas notícias postadas

Recentes